#Guitarrista

Análises

Yamaha Pacifica 112VM

Publicado há

-

No mercado desde a década de 1990, a linha Pacifica da Yamaha tem-se apresentado como uma ferramenta útil a guitarristas iniciantes ou que se estejam a aventurar no mundo das eléctricas pela primeira vez. A receita de sucesso passa por corpo em alder sólido com acabamento em poliuretano brilhante, uma configuração de pickups versátil constituída por um humbucker na ponte e dois single-coils com selector de cinco posições para obter uma ampla gama de possibilidades tonais e uma construção de grande qualidade que eleva o modelo em relação a propostas de marcas concorrentes. A Yamaha Pacifica 112VM providencia então uma forma completa de desenvolver a técnica na guitarra ao mesmo tempo que reúne as características necessárias para se manter a nossa parceira de seis cordas para o resto da vida.

Com pickups alnico e contornos de corpo que adoptam um estilo futurista, o braço aparafusado em maple transmite uma sensação acetinada, acolhendo uma escala em ácer confortável o suficiente para uma boa experiência. O humbucker posicionado na ponte não oferece o melhor output mas ainda assim surge na quantidade necessária para executar riffs e leads do universo metal desde que não exija uma afinação muito grave. Por sua vez, o pickup do braço, distribui um timbre equilibrado e controlado se conjugado com um pouco de overdrive. O sustain providenciado pelo corpo em alder é surpreendente quando comparado com o que se conseguiria obter de um corpo em mogno, e ao tocar com sons limpos consegue-se obter o brilho e a clareza que se espera do pickup central, muito eficaz na produção de um timbre que trabalha bem com o peso do humbucker e o ataque rápido do single-coil do braço.

Simples e versátil, a Pacifica 112VM tem a capacidade de nos levar sonicamente a qualquer lado, e embora a Yamaha não disponha da mesma herança de uma marca como a Fender, é feliz em oferecer uma guitarra que serve não apenas guitarristas iniciantes mas também aqueles que se encontrem num nível mais avançado.