#Guitarrista

Artigos

Primitive Language: Ficção Científica e relações humanas ao som de uma Telecaster Deluxe Plus

Publicado há

-

Editado em Agosto de 2022, Thin Men, dos australianos Primitive Language, é uma colecção de temas antigos regravados e reformulados ao longo dos últimos anos, com a sonoridade do início da década de 1980 a receber assim uma actualização e modernização. Charles Zammit, porta-voz da banda australiana, refere que «existem temas e sonoridades de ficção científica em muitas das nossas músicas, enquanto que outras são sobre relações entre pessoas, frustrações e observações com alguma dose de humor».

Para este longa-duração em particular, segundo Zammit, a inspiração teve como base «as bandas e músicos do final da década de 1970 e início de 1980, como David Bowie, Gary Numan, Icehouse, Magazine e Brian Eno. Contudo, as nossas referências vão muito mais longe, desde Hendrix a Satriani, post-rock, heavy rock e fusion.»

Para as gravações de Thin Men, a banda recorreu quase exclusivamente a uma Fender Telecaster Deluxe Plus com pickups Lace Sensor na ponte e no braço. «Gosto do timbre destas guitarras e consegues obter uma sonoridade preenchida com uma amplificação decente e alguns efeitos», confirma o músico. «Recorri também a um combo Marshall Valvestate, que no geral apresenta uma sonoridade brilhante que é compensada por vários processadores de som da Boss. Uso unidades da Boss como overdrive, digital delay, chorus, phaser e flanger, principalmente. Ao longo dos anos experimentei diferentes timbres para conseguir esta sonoridade que apresentamos agora.»

Em 2023 os Primitive Language esperam lançar um novo longa-duração de originais.